Quem somos,

A Federação Latino-Americana de Trabalhadores da Indústria e Construção – FLATIC - nasceu da fusão das entidades Federação Latino-Americana de Trabalhadores da Indústria – FLATI, fundada em 1986 e a Federação Latino-Americana de Construção e Carpintaria – FLATICOM, fundada em 1968.

É uma organização internacional que atende trabalhadores latino-americanos, de segundo grau, que atuam no segmento têxtil, vestuário, construção, madeira, e indústrias diversas, organizados sindicalmente.

A meta da FLATIC por sua vez, é manter filiação em suas respectivas federações internacionais ou mundiais. A entidade é filiada a outras organizações também, como por exemplo, a Confederação Latino-americana de Trabalhadores – CLAT – e ainda, quatro ramos diferentes de categorias de trabalhadores.

Este é o caso da empresa “Rama Têxteis e Vestuário” filiados à FITV, baseado em Gent, na Bélgica, e diversas indústrias, também do setor alimentício e que faz parte da Federação Mundial da Indústria – FMTI – com base em Bruxelas na Bélgica, em processo de fusão com a ICEM. É também o caso de um ramo da Construção e Carpintaria membro desde 6 de dezembro de 2005, no ICM, com sede em Genebra, Suíça. A FLATIC participa de organizações de trabalhadores em 17 países.

 

Por que nós existimos?

A fraqueza sistêmica em vários países da América Latina produz, entre outras coisas, a vulnerabilidade dos setores populares e particularmente nos trabalhadores acaba gerando instabilidade no movimento trabalhista, o que impede a consolidação das características institucionais que são necessárias para defender os seus direitos.

A atividade da FLATIC visa corrigir, na medida do possível, essas dificuldades funcionais do movimento sindical e contribuir para o seu fortalecimento. A nossa função é coordenar, consolidar e treinar líderes nacionais e locais sobre questões específicas do setor tanto na América Latina quanto numa esfera global, para atuar com instrumentos próprios e genuínos nos países que representam.

Nós tentamos, através da nossa atividade, a fim de consolidar e ampliar a representatividade da FLATIC oferecer um instrumento mais eficaz no setor de serviços das organizações na América Latina e do Caribe e participar no processo de World Trade Union Unity com melhores resultados.

 

A quem servimos?
 
Os trabalhadores da Indústria e Construção da América Latina e do Caribe, através de formação, informação e trabalho com os seus dirigentes. Beneficia diretamente a população com as organizações filiadas a FLATIC (cerca de 100.000 membros).

E também, a população beneficiada indiretamente, como os trabalhadores domésticos que estejam associados com outras as organizações do setor e essas ligadas a FLATIC (mais de 900 000 trabalhadores).

 

Página inicial